autocuidado

Aut(o ) - [Do gr. Autos]. = “por si próprio”, “de si mesmo”.

Cuidado – S. m. 1. Atenção; 2. Responsabilidade.

Autonomia (Do gr. Autonomia.) S.f.
1. Faculdade de se governar por si mesmo.
2. Direito ou faculdade de se reger por leis próprias.
3. Liberdade ou independência moral ou intelectual.
4. Ét. Propriedade pela qual o homem pretende poder escolher as leis que regem sua conduta.

O AUTOCUIDADO é a atenção e a ação que se exerce sobre si mesmo para preservar e cultivar uma boa qualidade de vida de maneira responsável, autônoma e livre nas escolhas das ferramentas para sua realização.

É uma possibilidade para observar-se e perceber como está o corpo físico, mental e emocional, e poder agir sobre eles de maneira benéfica e saudável.

AUTOCUIDADO não significa estar “bem” o tempo todo, mas sim acolher os confortos e desconfortos, ver as causas, e escolher agir ou não sobre elas.

Como fazer

O corpo é a parte mais concreta do nosso ser. Os pensamentos e as emoções são mais sutis e podem ser mascarados, manipulados ou mesmo não reconhecidos. O corpo, ao contrário, manifesta com clareza uma dor, um desconforto e também um alívio, uma vitalidade.

Se batermos o braço e nos machucamos, logo passamos a mão para aliviar a dor.

Ao sentirmos fome ou sede, logo procuramos um alimento ou uma bebida.

O reconhecimento é imediato, e a ação para o alívio do desconforto também é imediata.

Por isso o corpo é uma boa ferramenta para ser utilizada no AUTOCUIDADO.

Mas AUTOCUIDADO não significa cuidar apenas do corpo. Sabemos que muitos dos desconfortos físicos são resultado de emoções exacerbadas como a raiva e a mágoa, entre outras, e é impossível separar o corpo, a mente e a emoção.

Cuidando das emoções cuidamos do corpo e da mente e vice-versa.

Então como saber que outras ferramentas podemos utilizar?

O “sintoma” de que uma ferramenta é boa para o seu AUTOCUIDADO é uma sensação de alegria que surge imediatamente após o seu uso. Pode ser observar uma paisagem, ouvir uma música, uma boa conversa ou mesmo não fazer nada, mas é necessário observar-se e descobrir quais são as ferramentas adequadas para si e não copiar receitas prontas.

Fique atento para descobrir suas ferramentas e aplique
o seu AUTOCUIDADO.

Cuidar de si é o melhor que se pode fazer pelo outro.